Quantas vezes por semana um casal comum tem relações?

Happy couple bed

Estudos recentes revelaram quantas vezes um casal comum faz sexo durante a semana. Os dados levantados apontam que casais brasileiros fazem sexo entre duas a três vezes por semana. Talvez esse número possa parecer um pouco alto para casais que já estão juntos há muitos anos, mas em geral a média é essa.

Esses números não são exclusividade dos brasileiros. Em países europeus o número de relações sexuais semanais também se mostraram altos, segundos estudos locais. Vale lembrar que fazer sexo com frequência pode aumentar a autoestima e a saúde com um todo.

Quem também fica feliz com esses dados são as indústrias farmacêuticas que comercializam produtos específicos para esse público. Geralmente quem pratica com frequência acaba consumindo produtos específicos para melhorar o desempenho sexual. Essas substâncias são usadas para reverter disfunções como ejaculação precoce. Muitos homens não sabem como nao gozar rapido na ejaculação e conseguir ter controle durante o ato sexual.

Ao mesmo tempo que fazer sexo é extremamente eficaz para a saúde, sua abstinência pode afetar negativamente o humor das pessoas. Por isso, é muito importante para o casal manter suas atividades sexuais ativas e, mais importante ainda, que os homens dominem todas técnicas sobre como demorar para gozar no sexo para que ambos fiquem satisfeitos.

Mas e a ejaculação precoce como evitar e tratar corretamente? Esse assunto é um pouco mais complexo, mas nem tanto. Essa disfunção pode ser revertida até mesmo sem medicamentos. Porém, em alguns casos isolados o médico pode indicar algumas pílulas ou cremes específicos.

Mas não adianta apenas pensar “naquilo” o tempo tempo! Tem que ter disposição para não fazer feio na “hora h”. Para isso, também é de suma importância a realização de exercícios físicos regularmente. A atividade física regular pode até mesmo substituir alguns fármacos utilizados para aumentar a libido. Isso acontece porque os exercícios aeróbicos ajudam na circulação sanguínea, fator crucial para prevenir problemas de ereção e outras disfunções desagradáveis.

Mesmo com todas essas precauções, é normal que com o passar dos anos o apetite sexual diminua, isso é muito comum. Cabe a você avaliar se isso está afetando a suia relação e, dependendo do caso, procurar um médico, em especial um urologista. Somente um médico poder dizer com precisão se você precisa usar algum medicamento. Nunca tome nenhum remédio por conta própria, isso pode ser perigoso para sua saúde.